Menu

Inovabra habitat triplica geração de negócios em 2019

Esses negócios foram gerados por meio de 650 atividades diversas de fomento a inovação, negócios e networking conduzidas pela equipe interna durante o ano

O espaço de coinovação do Bradesco, inaugurado em 2018, acaba de divulgar os resultados de 2019. O número de corporações clientes do Bradesco presentes no espaço aumentou 80% em relação ao ano anterior. Além disso, o inovabra habitat firmou parceria com dois polos de inovação, ACATE e Porto Digital, para ampliar a geração de negócios.

 Em relação a 2018, foram gerados três vezes mais negócios, totalizando mais de 200 contratos realizados entre as startups, corporações e parceiros do espaço, incluindo o próprio Bradesco. Esses negócios foram gerados por meio de 650 atividades diversas de fomento a inovação, negócios e networking conduzidas pela equipe interna durante o ano. 

 Além das atividades, todos os dias, acontecem no inovabra habitat eventos gratuitos e abertos ao público. Em 2019 foram realizados 1.100 eventos, registrando um aumento de 26% em relação ao ano de 2018. Em termos de número de visitantes, houve crescimento de 128%. Foram recebidas no espaço mais de 137 mil pessoas, contra 60 mil no ano anterior.

 Para coroar ainda mais um ano com grandes conquistas, o inovabra habitat ficou entre os três melhores hubs de inovação pelo Startup Awards, premiação conduzida pela ABStartups.

Leia mais ...

Hub Fintech investe R$ 20 milhões e passa a atuar no mercado de cartões Alimentação

Atualmente, grandes varejistas firmaram convênio direto e já estão aceitando os cartões da fintech, entre elas as redes de alimentação Mundo Verde, Pizza Hut, Taco Bell, e KFC

Para ampliar ainda mais o escopo de serviços oferecidos ao mercado de meios de pagamento, a Hub Fintech, empresa referência em soluções Banking as a Service para o mercado B2B2C, que oferece soluções para conta digitais, recebíveis e pagamentos corporativos, no modelo White Label e que já conta com mais de 4 milhões de contas ativas, anuncia sua entrada no segmento de cartões de benefícios PAT (Programa de Alimentação e Refeição), com a solução Hub Benefits.

 

Atualmente, grandes varejistas firmaram convênio direto e já estão aceitando os cartões da fintech, entre elas as redes de alimentação Mundo Verde, Pizza Hut, Taco Bell, e KFC. “Nossa meta é fechar em breve, convênios de aceitação com os 15 maiores supermercadistas e as 20 principais rede de fast food, e firmar parcerias com as empresas que irão distribuir nossos cartões, como já fazemos com o banco digital Social Bank”, diz Alexandre Brito, CEO da Hub Fintech.

 

O projeto teve um investimento de R$ 14 milhões até o momento, e deve consumir mais R$ 6 milhões em 12 meses, em desenvolvimento da plataforma, treinamento da equipe, e parcerias estratégicas com grandes players de mercado.

 

Com a Hub Benefits, os clientes podem contar com a infraestrutura, as licenças da Hub e a customização integral de seus cartões, apps e canais, para desenvolver uma solução totalmente personalizada. “Os clientes não precisam investir em infraestrutura e operação, pois contamos com uma infraestrutura própria e única no mundo que atende de ponta a ponta o processo que envolve os cartões de benefícios, desde a impressão e personalização, o embossing, até o processamento das informações, o suporte aos usuários, e toda a segurança que isso requer, e no modelo White Label. Com isso, garantimos capacidade, rapidez, flexibilidade, escalabilidade, inovação e inteligência aos projetos”.

 

Além disso, é possível reduzir custos com as taxas de administração cobradas pelas fornecedoras de soluções de benefícios dos varejistas. “Permitimos a liquidez em um dia, sendo que o padrão do mercado é de 30 dias e ainda com a cobrança de tarifas. Somos os únicos a não cobrar esse custo, e ainda liquidamos no dia seguinte à operação. Isso é um grande diferencial”, garante, Brito.

 

Para facilitar a interação com os usuários dos cartões, a Hub Benefits conta com um aplicativo que permite a consulta de extratos, saldo, consumo diário, rede credenciada, entre outras funções, que também pode ser desenvolvido no modelo White Label, ou seja, com toda a personalização que os clientes necessitarem

Leia mais ...

Fintech curitibana abre dezenas de vagas para trainees

“Acelera!” é o Programa de Trainees da Juno destinado para universitários, recém-formados e pós-graduandos que querem trabalhar com negócios e tecnologia

O ano de 2020 começou e com ele novos desafios e oportunidades. Neste ano, a fintech curitibana Juno pretende auxiliar dezenas de jovens a acelerarem suas carreiras com seu programa de trainees “Acelera!”. Destinado para quem quer focar a carreira em negócios e tecnológica, o programa busca pessoas que gostem de aprender, sejam curiosas, competitivas, cheias de habilidades e que tenham muita atitude. E claro, que sejam preparados para trabalhar em um projeto que vai impactar a vida de muitas pessoas em um ambiente descontraído com hierarquia horizontal.

 O processo seletivo possui cinco passos. O primeiro, é o cadastro na plataforma Gupy (https://bit.ly/2QRrpWB). Na sequência, serão realizados os testes técnicos e, posteriormente, em caso de aprovação, haverá uma apresentação de case para os gestores da Juno. Os próximos passos envolvem as entrevistas e, para completar, a assinatura do contrato. Os profissionais selecionados iniciaram o trabalho no dia 26 fevereiro de 2020, em Curitiba. Para se candidatar é preciso ter formação em qualquer curso superior a partir de 2018 ou se formar no ano de 2020. Pós-graduandos que estão em formação ou terminaram o curso em 2019 também terão a candidatura aceita.

 A fintech Juno oferece vários benefícios como horário flexível; vale transporte; vale refeição de R$ 26,00; Gympass; Clube de Benefícios Gazeta do Povo; plano odontológico; plano de saúde; descontos em instituições de ensino; frutas para consumo diário na empresa; e escritório pet friendly. As inscrições vão até o dia 31 de janeiro pela Gupy, por meio do hotsite (https://bit.ly/2QRrpWB).

 

 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes